Como identificar um sociopata: 10 principais sinais do transtorno

Até parece coisa de filme de terror, mas sociopatia é um problema real e é considerada um Transtorno de Personalidade Anti-social, assim como a psicopatia.

Mas, ao contrário de um psicopata, que tem causa genética, especialistas acreditam que o sociopata é como é devido a alguma causa externa, como lesão cerebral, negligência ou abuso durante a infância.

Um sociopata, por exemplo, pode muito bem se passar por uma pessoa normal na grande parte de tempo e chegam a ser, inclusive, pessoas carismáticas. Mas, vez ou outra, vai mostrar sua verdadeira natureza, com explosões de violência, mentiras, manipulação, abuso mental e emocional e assim por diante.

Abaixo, listamos algumas características típicas do transtorno que vão ajudar você a identificar um possível sociopata dentre as pessoas que você conhece.

Veja como identificar um sociopata:

1. Mentiras constantes

Uma das principais características de um sociopata são as mentiras constantes para encobrir a verdade sobre seu comportamento, seu passado, suas ações e assim por diante.

Pessoas assim criam uma mentira convincentes e conseguem prender as pessoas e manter a lealdade delas por meio dessa estratégia.

2. Ausência de remorso, culpa ou vergonha

Um sociopata, normalmente, não tem muita sensibilidade para lidar com outras pessoas e não costumam sentir culpa, vergonha ou remorso, mesmo que seu comportamento cause grande sofrimento.

Quem tem o transtorno também costuma jogar a culpa em outras pessoas, sem contar a capacidade que têm de machucar e passar por cima de qualquer um que possa atrapalhar seus objetivos.

3. Falta de empatia

O olhar frio é uma das características mais marcantes de um sociopata. Ele também não reagem emocionalmente a situações perigosas ou assustadoras.

Um sociopata sempre parece distante e indiferente às pessoas pela falta de empatia, ou seja, pela incapacidade de se colocar no lugar do outro.

4. Habilidade em manipular

Por ser uma pessoa inteligente, atraente e até simpática quando quer, o sociopata tem uma grande habilidade em manipular as pessoas. Por meio da fachada de mentiras que ele cria, ele conquistam pessoas e boas oportunidades por meio da manipulação.

Quando um sociopata é pego na mentira, por exemplo, aí que seu poder de manipulação se aflora. Normalmente esse tipo de pessoa é mestre em fazer declarações de arrependimento (mentirosas) extremamente convincentes.

5. Comportamento explosivo

Devido a falta de empatia, quem conta com o transtorno costuma se preocupar somente com suas necessidades. A consequência disso é que a pessoa tende a ficar nervosa e até violenta quando não conseguem o que querem. Comportamento volátil e propensão a explosões emocionais, como acessos de raiva, também são características marcantes.

Na infância, por exemplo, esse tipo de comportamento pode se manifestar na crueldade contra animais e pessoas indefesas. Na vida adulta, por outro lado, ele também pode ser cruel com pessoas e animais, mas suas práticas mais comuns são os abusos mentais e emocionais.

Comportamentos violentos, em momentos de raiva, como socar a parede, jogar objetos no chão e assim por diante também fazem parte do comportamento de um sociopata.

6. Egocentrismo

Uma das características marcantes de um sociopata é a percepção exagerada que ele tem de si mesmo. Ele costuma ser narcisista e tem um enorme sentimento de merecimento, além de se julgar a melhor pessoa do mundo.

Quem sofre com o transtorno também não costuma ligar para críticas e ama falar sobre si mesmo.

7. Falta de vínculos

Apesar de ser carismático, um sociopata não cria vínculos emocionais com as pessoas. Seus amigos são mantidos por perto para satisfazer suas necessidades e, normalmente, são pessoas que acatam ordens.

Com relação à família, o sociopata também se mantem distante, até porque é comum que ele tenha tido uma infância marcada por abusos físicos, emocionais, entre outros traumas.

8. Desrespeito pelas leis, regras e costumes sociais

Outra “marca” de um sociopata é o ódio ás regras, leis e convenções sociais. E isso costuma se manifestar desde a infância ou, pelo menos, a partir do início da adolescência.

Em alguns casos, é comum que sociopatas acabem se envolvendo em atos criminosos e violentos devido ao desrespeito às leis e regras.

9. Impulsividade e irresponsabilidade

Sociopatas agem impulsivamente e buscam gratificação imediata de suas necessidades. Eles, basicamente, não toleram frustrações.

Eles podem até ouvir a sensatez por um tempo, mas a inquietação e a impulsividade faz com que eles revelem sua verdadeira natureza de uma hora para outra, acumulando dívidas, abandonando suas famílias, desperdiçando dinheiro e até mesmo cometendo crimes.

10. Desrespeito à segurança alheia

Um sociopata costuma ser extremamente irresponsável e imprudente quando o assunto é a segurança alheia. Esse tipo de comportamento pode ser percebido pela forma como dirigem, por exemplo, normalmente em alta velocidade, embriagado ou provocando acidentes.

Quem sofre com o transtorno também pode se engajar em algum tipo de comportamento sexual ou de uso de substâncias de alto risco sem pensar nas consequências, bem como negligenciar os cuidados com um filho.

E então, depois de conferir essa lista, você consegue pensar em algum possível sociopata que você conheça? Pense bem, é possível que pessoas próximas, MUITO próximas de você sofram com o transtorno sem saber!

Fonte: Biosom